Posts Tagged ‘audiência’

Audiência dos Portais em 2008

Dono de dois dos maiores sites com acessos diretos do Brasil, o Google nadou de braçada na Internet Brasileira em 2008.

Google, Orkut e iG foram os únicos a atingir crescimento acima da média do mercado (8,3%), atingindo 11,12%, 12,5% e 11% respectivamente.

O Orkut e o próprio buscador do Google, possuem uma audiência que supera qualquer grupo de publicidade brasileiro, incluindo UOL, IG, Terra e Globo.com.

Com crescimento abaixo da média de mercado, o UOL, Terra e Globo.com  perderam market-share.

Desde o início de 2008 o iG está reforçando sua política de mídia social e web 2.0 como padrão na criação de produtos e serviços. Em 2009 são esperados cortes, demissões e uma nova reestruturação na empresa.

A grande virtude de ser líder em audiência espontânea na Internet é a capacidade de gerar retorno financeiro aos acionistas, ao contrario dos portais brasileiros, que dividem suas receitas com os portais verticais – chamados de parceiros de conteúdo. O google tem como gerador de conteúdo todos os sites e usuários da Internet.

Os números são resultado de uma política de marketing focada na satisfação do usuário e superação das suas expectativas, com foco na web 2.0.

Somados, o Orkut e o buscador Google possuem audiência maior do que iG, Terra e Globo.com juntos.

De olho nesse mercado, a microsoft também fez suas apostas e aposta no msn como plataforma de mídia social para alavancar tráfego para os parceiros.

Anúncios

Análise do Comércio Eletrônico em 2008 - Brasil

O ano de 2008 foi bastante intenso para os mercados e também para o comércio eletrônico. Submarino e Americanas permanecem na liderança entrelaçados, com vantargem de 300% sobre a magazine luiza, terceiro colocado.

A curva dos líderes deixa claro quem se deu bem neste natal de 2008. Os líderes fizeram uso da sazonalidade mudando o patamar de audiência em 15% entre novembro e dezembro de 2008.

Ranking comercio eletronico 2008

Ranking comercio eletronico 2008

O varejo não perdôa. Com posicionamento de preços ITM (Inside the Money – abaixo do mercado) a Fast Shop emplacou com 60,62% de crescimento, seguido por MagazineLuiza com 30,01% e Extra, do grupo pão-de-açúcar, com 28,10%.

A fnac apresentou uma redução preocupante. Por ser uma alternativa aos grandes concorrentes, a loja perdeu espaço para a Fast Shop que cresceu bem acima do mercado.

De todos os players, foi o único que manteve o tráfego oriundo de Paid Search no mesmo patamar, enquanto demais lojas investiram ainda mais nesta mídia.